Diretor

Flavio Frederico nasceu em 1969, no Rio de Janeiro, e estudou Arquitetura e Cinema na Universidade de São Paulo. Realizou sete curtas, entre eles Todo Dia Todo/1998, Copacabana/1999 e Ofusca/2002; premiados e exibidos em importantes festivais internacionais como: Sundance, Nova York (NYFF), Oberhausen, Tampere, Londres (LFF) e Rotterdam. Seu primeiro longa, “Urbania”, foi lançado em 2001, sendo exibido em Montreal (Film du Monde), Rotterdam e Mannheim; e premiado em Gramado e na Jornada da Bahia. Dirigiu também cinco documentários, entre eles o ganhador do Festival É Tudo Verdade 2006, “Caparaó”. Em 2010 lançou o longa metragem “Boca” no Festival do Rio, onde recebeu os Prêmios de Melhor Fotografia e Melhor Montagem. Exibido também no Cine-PE 2012 recebeu os prêmios de Melhor Direção, Atriz, Direção de Arte e Trilha Sonora. Em 2013 lançou seu quarto longa, o documentário “Em busca de Iara” na competição do Festival É Tudo Verdade, aonde recebeu Menção Honrosa do júri oficial.

Roteirista

Mariana Pamplona (também produtora e entrevistadora no filme) se formou em Filosofia pela Universidade de São Paulo e tem mestrado em Multimeios, na área de Roteiro, pela Unicamp. Desde 2005 vem atuando como roteirista na Kinoscópio, com quatro roteiros de longa metragem premiados – Assalto na Paulista (2012), Boca (2010) lançado em 2012; Em busca de Iara (lançado em 2013/2014), e Clandestina (2006). Escreveu um documentário para TV (Campos Elíseos, 2006) e participou como co-roteirista de outros dois documentários premiados - Caparaó (2006) e Quilombo, do Campo Grande aos Martins (2008). Junto com Flavio, produziu “Em busca de Iara” e em 2013 tornou-se sócia da Kinoscópio.

Realizadores